O melhor do almoço executivo em Goiânia.

Conheça um pouco mais sobre os nossos chef’s.
19 de agosto de 2017

Restaurantes de Goiânia capricham no menu executivo para aqueles que querem comer com requinte gastando menos na hora do almoço.

No mundo dos negócios, todo mundo sabe que não existe almoço grátis. Mas ele pode custar bem menos que o jantar. Restaurantes badalados de Goiânia capricham no menu executivo, com preços menos salgados, para conquistar clientes que procuram comer bem na hora do almoço.

Servidas normalmente de segunda a sexta-feira, essas refeições compostas de entrada, prato principal e sobremesa são também uma boa alternativa para conhecer endereços badalados sem gastar tanto. O tradicional almoço executivo ganhou um toque de sofisticação.
“Costumo dizer que, no almoço executivo, o Moony se transforma em um novo restaurante. É a oportunidade de fazer os clientes cativos descobrirem o almoço e novos clientes descobrirem nosso happy hour e jantar”, explica Fernando Pacheco, proprietário do Moony: Food, Drinks & Style, na Ricardo Paranhos. Por lá, são mais de 30 opções de pratos diferentes que se revezam nos cardápios de segunda a sexta. A cada dia, uma nova combinação de entrada, prato principal e sobremesa, que tem o valor fixo de R$ 38,90.

Ceviche de robalo, salada de abóbora com muçarela de búfala e amêndoas laminadas são algumas opções de entrada. No cardápio de pratos principais, destaque para pratos como o steak no grill com demi-glace, cebola caramelizada e cuscuz marroquino; surubim aos quatro queijos com purê de batata e wasabi; e salmão de forno com legumes e azeite de ervas. Para sobremesa, torta de maçã verde ou merengue recheado com morango e amêndoas laminadas. “Além dos sabores e apresentações, acredito que a diversidade de pratos que oferecemos seja o diferencial do nosso menu executivo”, diz Fernando.

Em novo endereço, o L’Etoile d’Argent, de inspiração francesa, chega a servir ostras gratinadas como entrada em seu menu executivo, que custa R$ 54,90, e risoto de camarões no abacaxi com toque de curry como prato principal. “A cada 10 dias, nós colocamos novas sugestões no cardápio. O L’Etoile é escolhido para comemorações, almoço de negócios, encontros de amigos. Hoje (terça-feira) mesmo tínhamos uma mesa de 15 mulheres comemorando aniversário, e outra de 20 pessoas em uma confraternização de uma empresa”, conta Marcela de Castro Ribeiro, proprietária do restaurante.

Cartão de visitas

Para ela, o almoço executivo serve também como um cartão de visitas de qualquer restaurante. “Fomos o primeiro a implantar em Goiânia esse conceito de preço enxuto. Acreditamos que com isso o cliente acaba voltando para outras ocasiões”, ressalta Marcela. Mesma impressão tem Ricardo Siqueira, proprietário do Kabanas, que inaugurou no ano passado filial no Flamboyant Shopping Center. Por lá, o menu executivo custa R$ 55,90 e é servido de segunda a sexta-feira no almoço.
“Começamos a servir o menu executivo 15 dias após a inauguração de nossa filial e a resposta do público foi ótima. Muita gente que se sente intimidada em entrar no restaurante, por achar que é sofisticado e caro demais, acaba tendo no almoço uma oportunidade de conhecer a gastronomia de alto padrão. A maioria acaba voltando para o jantar e vira cliente”, diz Ricardo.
Entre as opções do almoço do restaurante, pratos como paillard de filé mignon (com manteiga de tomate seco, acompanhado de fettuccine ao molho cremoso de cogumelo) e arroz de bacalhau (servido com brócolis, azeitonas pretas e tomate concassé).
Por R$ 50, é possível ter a experiência de apreciar um menu completo do premiado chef de cozinha Valdeson Ferreira, do Restaurante Ipê, do Castro’s Park Hotel. O cardápio executivo, servido de segunda a sexta, costuma variar, mas são em média 11 opções de pratos principais, 12 de saladas e 12 de sobremesas.

Fonte: O Popular